Notícias

Prefeitura de Franca abre concursos e processo seletivo para 55 cargos

Provas vão selecionar profissionais para cadastro de reserva em diferentes áreas. Inscrições vão até 19 de julho. Prefeitura de Franca, cidade do interior paulista Mariana Oliveira / G1 A Prefeitura de Franca (SP) abriu inscrições para três concursos públicos e um processo seletivo que vão selecionar profissionais de diferentes áreas para 55 cargos. A seleção visa o cadastro de reserva para funções com diferentes níveis de escolaridade, como agente de saúde pública, biomédico, coveiro, entre outras, com salários a partir de R$ 1.390,00. Para se inscrever, interessados devem se cadastrar pelo site da organizadora do concurso até 19 de julho. As taxas variam de R$ 41 a R$ 90. Pelo mesmo portal também estão abertas inscrições para um processo seletivo para auxiliar administrativo, com taxa de R$ 38. As provas objetivas estão previstas para 12 ou 19 de agosto. Confira a relação de vagas abertas nos concursos de Franca: Concurso 01/2018: acesse o edital agente de saúde pública- PSF analista de sistemas arquiteto assistente social auxiliar de saúde biomédico cirurgião dentista coveiro encanador enfermeiro (30 horas semanais) enfermeiro (40 horas semanais) escriturário farmacêutico fonoaudiólogo inspetor aluno mecânico nutricionista pedreiro pintor psicólogo supervisor de campo- ppi/vs técnico em contabilidade técnico em informática técnico em raio-x técnico em enfermagem (30 horas semanais) técnico em enfermagem (40 horas semanais) telefonista Concurso 02/2018: acesse o edital guarda civil orientador educacional procurador municipal professor PEB I - educação básica professor PEB I - educação especial professor PEB II - educação física professor PEB II - inglês servente merendeira supervisor de ensino Concurso 03/2018: acesse o edital médico emergencialista clínico geral médico endocrinologista médico endocrinologista infantil médico especialista em doppler médico ginecologista médico neurocirurgião médico neurologista clínico geral médico neurologista infantil médico oftalmologista médico pediatra médico pneumologista médico pneumologista infantil médico proctologista médico psiquiatra adulto médico psiquiatra infantil médico radiologista médico urologista médico vascular Processo seletivo 02/2018: acesse o edital auxiliar administrativo (aprendiz) Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão e Franca

+ leia mais

Iphan e mais sete órgãos abrem inscrições nesta segunda para quase 800 vagas

Cargos são de todos os níveis de escolaridade; salários chegam a R$ 7.063,82 . Pelo menos oito órgãos abrem inscrições nesta segunda-feira (18) para quase 800. Os cargos disponíveis são para todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 7.063,82 . O maior concurso é do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Ao todo são 411 vagas - 280 de nível superior e 131 de nível médio. CONFIRA A LISTA COMPLETA DE CONCURSOS Há vagas para todos os níveis de escolaridade Editoria de arte/G1 Veja abaixo os detalhes dos concursos: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) Inscrições: até 09/07/2018 411 vagas Salários de até R$ 5.035,29 Cargos de nível médio e superior Veja o edital Prefeitura de Mariana (MG) Inscrições: até 09/07/2018 312 vagas Salários de até R$ 6.828,68 Cargos de nível médio e superior Veja o edital Prefeitura de Fundão (ES) Inscrições: até 19/06/2018 2 vagas Salários de até R$ 1.695,10 Cargos de nível fundamental Veja o edital Câmara do Carmo do Cajuru (MG) Inscrições: até 19/07/2018 2 vagas Salários de até R$ 2.890,86 Cargos de nível superior Veja o edital Prefeitura do Rosário Oeste (MT) Inscrições: até 29/06/2018 11 vagas Salários de até R$ 1.014,11 Veja o edital Prefeitura de Pato de Minas (MG) Inscrições: até 22/06/2018 25 vagas Salários de até R$ 7.063,82 Cargos de nível superior Veja o edital Companhia Pontagrossense de serviços (PR) Inscrições: até 17/07/2018 2 vagas Salários de até R$ 3.636,39 Cargos de nível médio e superior Veja o edital Prefeitura de Lagoa Santa (GO) Inscrições: até 09/07/2018 2 vagas Salários de até R$ 1.132,33 Cargos de nível médio e superior Veja o edital

+ leia mais

Edital com vagas de contrato temporário para professores estaduais tem inscrições abertas no RS

Interessados podem se candidatar a partir desta quarta-feira (13) no site da Secretaria da Educação. Prazo termina na semana que vem, no dia 20. O edital com vagas de contrato temporário para professores estaduais no RS estão com inscrições abertas a partir desta quarta-feira (13). Os interessados devem se candidatar no site da Secretaria da Educação (Seduc). O prazo termina na semana que vem, no dia 20. Todas as 29 Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) têm vagas. Apenas a Divisão Porto Alegre (DPA) não abriu inscrições, já que todas as disciplinas foram contempladas. Como fazer a inscrição Para se inscrever, é preciso acessar o site, passar o cursor na aba serviços e informações e clicar na caixa contratos temporários. Depois, é só preencher a ficha. Mais informações, como o número de vagas oferecidas em cada Coordenadoria Regional de Educação, estão disponíveis no edital do concurso.

+ leia mais

Marinha abre concurso para 146 vagas na área da saúde

Inscrições vão até 27 de junho; salários podem chegar a R$ 11 mil A Marinha lançou nesta quarta-feira (13) três editais com 146 vagas para profissionais da área da saúde. As inscrições vão até 27 de junho. O salário deve chegar a R$ 11 mil. (Atualização: inicialmente, a Marinha havia informado que estavam abertas 177 vagas referentes aos três editais. O órgão enviou uma retificação no dia seguinte). São 123 vagas destinadas para médicos de diversas especialidades, 12 vagas para cirurgiões-dentistas e 11 para enfermeiros, farmacêuticos, fonoaudiólogos e nutricionistas. Navio da Marinha fica aberto à visitação no Porto de Santos, SP Divulgação/CPSP As vagas são destinadas para profissionais com curso superior. As inscrições podem ser feitas no site da Marinha. Os aprovados e classificados farão o Curso de Formação de Oficias (CFO), no Rio de Janeiro. Após a aprovação no CFO, no final de 2019, os profissiinais passarão a ocupar o posto de primeiro-tenente da Marinha e vão receber remuneração de cerca de R$ 11 mil.

+ leia mais

IPHAN abre concurso com vagas para o Maranhão

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional está oferecendo em todo o país 411 vagas em cargos de nível médio e superior. Os salários giram entre R$ 3.419,97 e R$ 5.035,29. Confira as vagas para o Maranhão. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lançou edital de concurso público para 411 vagas em cargos de nível médio e superior. Os salários giram entre R$ 3.419,97 e R$ 5.035,29. No site do Cebraspe, é possível ver o edital. As vagas são destinadas aos estados da federação e ao Distrito Federal e poderão ser distribuídas entre as sedes do IPHAN nas capitais das 26 unidades da Federação e no Distrito Federal ou nos Escritórios Técnicos (Como no Maranhão, onde há um escritório técnico em Alcântara). Em todo o país estão sendo ofertadas 104 vagas para analista I e 176 para técnico I (nível superior) e 131 para auxiliar institucional (nível médio). No Maranhão são 15 vagas. Confira abaixo. ANALISTA I (Superior) REMUNERAÇÃO: R$ 5.035,29. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais. 3 vagas para candidatos com qualquer formação de ensino superior reconhecido pelo MEC. TÉCNICO I (Superior) REMUNERAÇÃO: R$ 5.035,29. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais. 1 vaga para candidatos com formação superior em Ciências Sociais ou Antropologia, ou em qualquer área de formação, acrescido de pós-graduação strictu sensu em Antropologia, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC. 2 vagas para candidatos com graduação de nível superior em Arqueologia ou em qualquer área de formação, acrescido de pós-graduação stricto sensu em Arqueologia, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC. 2 vagas para candidatos com graduação de nível superior em Arquitetura e Urbanismo, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe. 1 vaga para candidato com graduação de nível superior em Biblioteconomia fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe. 1 vaga para candidato com graduação de nível superior em Engenharia Civil, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe. AUXILIAR INSTITUCIONAL (NÍVEL MÉDIO) REMUNERAÇÃO: R$ 3.419,97. JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais. 1 vaga para candidato com certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente. 1 vaga para candidato com certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente. 3 vagas (sendo uma reservada para negros) para candidatos com certificado de conclusão de curso de ensino médio técnico em Edificações, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente, e registro no órgão de classe As inscrições devem ser feitas de 18 de junho a 9 de julho pelo site . As taxas são de R$ 84 para nível médio e de R$ 117 para nível superior. O concurso terá prova objetiva, prova discursiva e avaliação de títulos. As provas objetiva e discursiva serão aplicadas no dia 26 de agosto, em todas as capitais.

+ leia mais

Justiça multa em R$ 5 mil homem que apagou Facebook de empresa após deixar emprego

Ele não só recusou devolver senhas da página como apagou o perfil da empresa na rede social. Páginas de entrada do Facebook. Rick Wiking/Reuters A Justiça do Trabalho de São Paulo multou em R$ 5 mil um homem que apagou a página de uma empresa no Facebook após se desligar dela. A decisão foi proferida pela 8ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região nesta segunda-feira (11). Diego Sabino da Silva era gerente e sócio de uma empresa chamada Centro Criativo de Tecnologia, que cria games e promove cursos de desenvolvimento de jogos e funciona em São Paulo. Depois de romper a sociedade, em julho de 2016, ele levou consigo as senhas de acesso à página da empresa do Facebook. Justiça julga válida demissão com justa causa por ‘curtida’ no Facebook Além de se negar a revelar as credenciais de acesso, Silva entrou com uma ação trabalhista contra a empresa pedindo o reconhecimento de vínculo empregatício e uma restituição salarial equivalente. O valor requerido por ele era de um valor próximo a R$ 1 milhão. Sem senha A companhia rebateu o pedido com um novo processo, em que exigia a restituição das senhas da página no Facebook. Ganhou na primeira instância. Após o juiz exigir a devolução da posse do perfil, Silva apagou a página. O Centro Criativo criou uma nova página no Facebook e pediu o pagamento de danos e perdas pela página perdida, além de uma compensação no valor de R$ 661 para custear os anúncios contratados por meio da rede social. Na decisão desta semana, o colegiado do TRT descartou atender o pedido do vínculo empregatício – o nome de Silva estava no quadro societário nos documentos submetidos pela empresa à Junta Comercial de São Paulo—e obrigou o ex-gerente a pagar R$ 5 mil para reparar os danos sofridos pela empresa. Silva diz que não houve dano à empresa, já que ela criou uma outra página no Facebook dias após sua saída. “O simples fato de a reclamada ver-se compelida a criar nova página em dezembro de 2016 ante o não fornecimento das senhas pelo autor, não lhe retira o interesse em pretender a administração da página primeva, a qual, indubitavelmente, contém maior número de seguidores e clientes vinculados”, escreveu em seu voto o desembargador Marcos César Amador Alves, relator do caso. Silva tentou justificar a exclusão dizendo que a página da empresa estava ligada a seu perfil pessoal no Facebook. O magistrado também descartou esse argumento. “A tese recursal de que a exclusão foi perpetrada em virtude de a página encontrar-se vinculada ao perfil pessoal do reclamante não é idônea a amparar o notório descumprimento.” Nova lei trabalhista O TRT não determinou o pagamento dos anúncios porque a empresa não definiu em qual período o dinheiro foi gasto. Ao G1, Erlani Regina Dias Benício, a advogada de Silva, afirmou que vai recorrer. Nova lei trabalhista entra em vigor no sábado; veja as principais mudanças Nova lei trabalhista traz mudanças para trabalhador que entrar na Justiça “O interessante desse processo é que ele começou a tramitar antes da nova lei trabalhista. Se ele entrasse com uma ação após a nova lei, ele ia tomar um prejuízo maior”, afirma o advogado da Centro Criativo, Santiago Mendes Cortes. A nova lei estabelece que quem perder a ação terá de pagar entre 5% e 15% do valor da sentença para os advogados da parte vencedora, os chamados honorários de sucumbência. Neste caso, os percentuais se aplicariam ao cerca de R$ 1 milhão pedido por Silva.

+ leia mais

Prefeitura de Presidente Epitácio abre concurso público com salários que ultrapassam os R$ 10 mil

Certame visa contratar profissionais de níveis médio, técnico e superior. Também há oportunidades em Paulicéia e Osvaldo Cruz. A Prefeitura de Presidente Epitácio está com inscrições abertas para concurso público que visa contratar novos profissionais de níveis médio, técnico e superior para o quadro de pessoal. Serão 12 vagas oferecidas e os convocados atuarão em regime de trabalho de até 40 horas semanais, com salários que variam entre R$ 1.087,56 e R$ 10.457. Estão disponíveis vagas imediatas e também haverá a formação de cadastro de reserva. As chances estão divididas entre os cargos de agente comunitário de saúde, assistente social, auxiliar de consultório dentário, dentista, enfermeiro, escriturário, fisioterapeuta, médicos nas especialidades de: clínico geral, ginecologista/obstetra, neurologista, ortopedista, otorrinolaringologista, pediatra, psiquiatra, cardiologista, dermatologista, bem como técnicos de enfermagem e de farmácia. As inscrições devem ser efetuadas até o dia 24 de junho de 2018, pela internet. A taxa de inscrição é de R$ 19 para todos os cargos. O certame conta com provas objetivas, que têm a aplicação prevista para o dia 8 de julho de 2018, em locais informados posteriormente. O concurso tem a validade de dois anos e pode ser prorrogado pelo mesmo período, a critério do Poder Executivo. Continuidade Se mantém aberto o processo seletivo para cargos na Câmara Municipal de Paulicéia. O certame visa preencher quatro vagas, em níveis de escolaridade médio e superior, nas funções de serviços gerais, técnico de comunicação e controle, procurador jurídico e diretor legislativo. Haverá contratação imediata e formação de cadastro de reserva. A remuneração varia entre R$ 1,7 mil e R$ 3,8 mil para uma jornada de trabalho de 33 horas semanais, com exceção para o cargo de procurador jurídico, que é de 20 horas semanais. As inscrições deverão ser feitas pela internet, até o dia 22 de junho. As taxas de inscrição variam de R$ 40 a R$ 80, dependendo do cargo escolhido. A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 15 de julho. Os cargos de nível superior também exigem, como fase classificatória e eliminatória, a realização de prova de títulos e discursiva. Também continuam abertas as inscrições para o preenchimento de oito vagas na Prefeitura de Osvaldo Cruz, distribuídas para os cargos de médicos ginecologista, neurologista, do trabalho e psiquiatra, bem como para terapeuta ocupacional, farmacêutico/bioquímico, tratorista e engenheiro de segurança do trabalho. As inscrições poder ser realizadas até o dia 19 de junho de 2018 e os interessados deverão efetuá-las pela internet. Os valores cobrados como taxa de inscrição são de R$ 13,83 ou R$ 15,67. Os candidatos aprovados e convocados receberão salários que variam entre R$ 1.082,17 e R$ 2.360,53 por um regime de trabalho de até 40 horas semanais. A aplicação das provas objetivas está prevista para o dia 8 de julho, em locais e horários a serem informados. Para o cargo de tratorista haverá ainda prova prática, prevista para 22 de julho.

+ leia mais

Jungmann diz que vai assinar nesta quarta-feira edital de concurso para 500 vagas na Polícia Federal

Ministro da Segurança Pública já havia anunciado, em fevereiro, que o governo lançaria o concurso. Edital prevê 150 vagas de delegado e 180 de agentes, além de outros cargos. Ministro Raul Jungmann deu coletiva de imprensa em Brasília Guilherme Mazui/G1 O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse que vai assinar nesta quarta-feira (13) o edital de um concurso para 500 vagas na Polícia Federal. “Hoje estarei assinando edital que vai abrir o concurso 500 vagas para Polícia Federal”, disse Jungmann em entrevista coletiva. Ele falou Jungmann conversou com jornalistas após participar de uma seminário sobre segurança pública. De acordo com o ministro, as vagas serão distribuídas da seguinte maneira: 150 delegados 60 peritos criminais 180 agentes 80 escrivães 30 papiloscopistas Jungmann já havia anunciado, em fevereiro, que o governo realizaria o concurso para aumentar o quadro da PF. Na ocasião, ele tinha acabado de assumir a recém criada pasta da Segurança Pública. O concurso faz parte da estratégia do ministério de fortalecer o combate ao crime no país. Ministério definitivo Durante a entrevista, Jungmann afirmou que deve ser votada nesta quarta na Câmara dos Deputados a medida provisória que criou o Ministério Extraordinário da Segurança Pública, assinada pelo governo em fevereiro. De acordo com Jungmann, será retirado o termo "extraordinário" do nome da pasta, que se tornará definitiva. “Ainda hoje deve estar sendo votado na Câmara Federal a medida provisória que torna o Ministério Extraordinário de Segurança Pública lei, ou seja, institucionaliza o Ministério da Segurança Pública pela primeira vez na história das Constituições brasileiras”, disse o ministro. "Por sugestão do relator, acatada pelo governo, o ministério terá retirado o nome 'extraordinário', passando a ser portanto um ministério permanente, um ministério regular, que integrará como os demais ministérios a estrutura do governo federal”, completou. Jungmann afirmou que acredita que o próximo presidente da República vai manter a pasta. “Quem for o futuro presidente do Brasil, não vai passar a borracha nesse ministério, porque ele é uma exigência que brasileiros e brasileiras fazem em termos de segurança pública", disse Jungmann. O ministro afirmou que a MP também vai autorizar as criações do Instituto Nacional de Estatísticas e Estudos em Segurança Pública e da Escola Nacional de Segurança Pública e Inteligência. Também presente ao evento, o presidente Michel Temer Jungmann comemorou a decisão de tornar a pasta da segurança definitiva. "Agora o Congresso Nacional, que sempre colaborou conosco, traz a ideia de fazê-lo [o ministério] definitivo, creio que isso se deve primeiro à compreensão da importância da segurança pública para o país", disse Temer. Intervenção Jungmann fez durante a coletiva uma avaliação dos trabalhos da intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro. Ele classificou como “fast food” a formação que muitos estados oferecem às polícias. Segundo o ministro, no Rio de Janeiro existem policiais que deram apenas “doze, treze tiros” durante a formação policial, o que mostra que os cursos, na opinião do ministro, entregam policiais despreparados para enfrentar o crime organizado. “Não é o caso só do Rio de Janeiro. Você chegou a ter casos em que um estado fazia a formação policial em três meses. É uma formação fast food, por assim dizer. De fato, é muito precário”, afirmou. Para Jungmann, a formação das polícias não é o único desafio da intervenção no Rio. O ministro reconhece que, apesar de ter quatro meses de intervenção, a ação do crime organizado, ocorrências de bala perdida e ação das milícias ainda fazem parte do cotidiano carioca. O ministro acredita que a troca de comando, a reestruturação das polícias e o investimento em equipamentos são os primeiros passos para uma mudança. Ele reconheceu que ainda há trabalho a ser realizado. "Nós continuamos tendo agressividade do crime organizado, nós temos tiroteios, nós temos ainda influência das milícias, balas perdidas, isso faz parte do noticiário”, avaliou. Caso Marielle Sobre a investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), morta a tiros em março, Jungmann declarou que há uma evolução da investigação. “Eu acredito que eles estão num caminho de encontrar as provas. Há um indicio muito forte de que nesse crime mandante e executor têm relação com as milícias”, declarou. “Temos que ter um pouco mais de paciência. Temos total interesse que esse caso seja elucidado”, disse.

+ leia mais

Prefeitura de Ji-Paraná convoca 25 professores aprovados em concurso

De acordo com edital, aprovados devem entregar documentação até 11 de julho. Confira a relação completa dos convocados. 25 professores foram convocados em Ji-Paraná, RO Semed/Divulgação A Prefeitura de Ji-Paraná (RO), a cerca de 370 quilômetros de Porto Velho, divulgou na última terça-feira (12) a convocação dos candidatos aprovados no concurso público da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Foram chamados 25 professores nível II, com carga horária de 30 horas. De acordo com o edital, os aprovados têm até o dia 11 de julho para apresentarem a documentação necessária junto à Controladoria Geral de Recursos Humanos (CGRH) da Secretaria Municipal de Administração, localizada na Prefeitura, na avenida 2 de Abril, bairro Urupá, das 7h30 às 13h30. Confira a relação completa de convocados no concurso da Semed Ji-Paraná. Segundo a Semed primeiramente foram convocados estes 25 professores e na sequência, quando os contratos com os professores celetistas forem vencendo, a secretaria deve fazer novas convocações. Veja mais notícias da região no G1 Ji-Paraná e Região Central

+ leia mais

UPE lança concurso para advogados com salário de R$ 3,2 mil

Seleção para assessores jurídicos da instituição de ensino teve edital divulgado nesta quarta (13). Reitoria da Universidade de Pernambuco, no Centro do Recife Marlon Costa/Pernambuco Press O governo de Pernambuco divulgou nesta quarta-feira (13) o edital de um concurso para selecionar advogados para atuar na Universidade de Pernambuco (UPE). Há, ao todo, nove vagas para atuação na Região Metropolitana do Recife e nas cidades de Garanhuns, no Agreste, e Arcoverde e Petrolina, no Sertão. A remuneração inicial é de R$ 3.205,00. Entre as atribuições dos selecionados estão consultoria e assessoria jurídica, além de representação judicial e extra-judicial da UPE. As inscrições têm início no dia 25 de junho e seguem até o dia 25 de julho, exclusivamente pela internet. A taxa para participar da seleção custa R$ 100. O concurso possui duas etapas, sendo a primeira delas uma prova objetiva. Em seguida, os candidatos devem passar por análise de títulos. O conteúdo programático da prova objetiva e os títulos a serem avaliados na segunda fase podem ser encontrados no edital, presente no Diário Oficial desta quarta-feira (13). As provas objetivas estão marcadas para o dia 19 de agosto. Já o resultado final está previsto para ser divulgado no dia 28 de setembro.

+ leia mais